domingo, 5 de julho de 2009

Português bêbado

Nas ruas de Lisboa, o bêbado tropeça em uma lâmpada mágica.
— Quem foi o veado que colocou esta... Hic... Quem é você?
— Eu sou um gênio! — disse o vulto que saiu da lâmpada — E você tem direito a três desejos!
O bêbado lusitano pensou por alguns minutos e disse:
— Ora pois! Hic... Eu quero uma g... garrafa de pinga que não acabe nunca!
— O seu desejo é uma ordem! — disse o gênio, fazendo aparecer uma garrafa dourada.
O sujeito deu várias goladas, ficou ainda mais bêbado e viu que realmente a pinga nunca terminava.
— Muito bem! — alertou o gênio. — Agora, diga logo, quais os seus outros dois desejos?
E o portuga não pensou duas vezes:
— Ora pois, me dê mais duas garrafas iguais a essa!

Veja também:
Relógio atrasado
20 frases machistas (parte 1)
Troca justa
Piada rápida
Coisas de bêbado

Nenhum comentário:

Postar um comentário